Make your own free website on Tripod.com

Stick, a isca do barulho

Stick é um modelo de isca artificial de superfície lastreado na extremidade inferior, isto é, na parte de baixo, onde é fixado um chumbo. Algumas fábricas produzem o stick originalmente e, entre as importadas, estão: Devils Horse, Mirrolure, Cotton Cordel. Das nacionais temos a Borboleta, Tobi Maru, Kv, entre outras

A ação e o trabalho da isca é muito pessoal e por este motivo alguns modelos podem ser transformados. Para isto, basta mudar o pitão (argola de fixação da linha) para a extremidade superior e, no caso das iscas com três garetéias, eliminar a primeira (de cima) e fixar um pequeno chumbo na parte de baixo, ou enrolar arame de solda na haste da garatéia. Dentro d'água, independente de ação rápida ou lenta, a isca deve ficar na posição vertical, com uma pequena inclinação de aproximadamente 80 graus.

A determinação da ação lenta ou rápida está no comprimento e no diâmetro.

Normalmente as iscas de ação lenta são mais longas e de ação rápida possuem o mesmo diâmetro e são mais curtas. As iscas curtas nem sempre são de ação rápida. Se o diâmetro for menor, elas poderão ser de ação lenta - neste caso devido ao tamanho delicado, o líder com 0,50 mm de diâmetro, normalmente utilizado, poderá influenciar na ação, deixando a isca mais na horizontal com ação da isca tipo zara.

Neste caso, aconselha-se o uso de um líder mais fino, com aproximadamente 0,4 mm e de menor comprimento.

As iscas plásticas tipo Mirrolure 5 m, de duas hélices, são fáceis de serem transformadas. Eliminando as hélices e a primeira garatéia, basta fixar o chumbo na parte de baixo. O mesmo pode ser feito com o modelo 7 m ou 7 mr, usando o mesmo procedimento e fixando o pitão na extremidade posterior.

Outras mudanças podem ser feitas para tornar este modelo de isca mais rápida. Uma sugestão é colocar a isca na água quente, segurando-a com alicate através do pitão e, em seguida, quando ela estiver com diâmetro maior, colocar em água fria. A isca flutuará mais, existindo a necessidade de colocar mais lastro, podendo ser uma garatéia mais reforçada. O ar em seu interior está apenas rarefeito. Para torná-la ainda mais rápida, faça um pequeno furo para penetração de ar e feche-o posteriormente com Durepox. A maior quantidade de ar fará com que a isca flutue mais, necessitando de mais lastro.


 

Iscas de Madeira

Também é possível mudar a ação com menores recursos, para torná-la mais rápida. Corte a parte de baixo, deixando-a mais curta. A madeira  exposta deve ser pintada, para que não haja penetração de água que, com o tempo, pode encharcar e mudar de ação.

Na sua próxima pescaria de robalo, tucunaré e outros predadores, use uma isca do tipo stick. Extremamente esportiva, quando trabalhada com toques alternativos imita a ação de um peixinho ferido agonizando, parecendo um bêbado que, hora tomba para um lado, hora tomba para outro. Assim é o trabalho desta isca, que irrita o predador e o faz atacar com violência, muitas vezes explodindo na superfície e causando no pescador tremedeiras nas pernas, além de fazer o coração disparar. O stick pode ser utilizado tanto em água doce como salgada.